Decreto 012/2018

Disciplina os atos praticados por agentes públicos municipais no período eleitoral, sobretudo, no que tange à proibição de contratação e redução de despesas naquele período.

COMPARTILHAR