Em nova etapa, Prefeitura distribui alimentos da agricultura familiar para alunos da Rede Municipal

A Prefeitura de Logradouro, através da Secretaria de Educação, iniciou, nesta terça-feira (30), a entrega de kits da merenda escolar para as famílias que possuem filhos matriculados na rede municipal de ensino. Essa é a segunda etapa da ação realizada após a Prefeitura ter decretado estado de calamidade pública por conta da pandemia causada pelo coronavírus.

De acordo com a secretária de Educação, Anabeth Duarte, a gestão municipal adotou as medidas sanitárias recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde, para a realização da entrega dos kits merenda, que se estenderá até a conclusão da demanda.

Os kits buscam compensar a ausência de alimentação escolar durante a suspensão das aulas decorrente da pandemia da Covid-19, conforme o Decreto 023/2020, que prorrogou a suspensão das aulas na Rede Municipal até, pelo menos, 15 de julho.

Nesta etapa foram entregues itens da agricultura familiar, seguindo a obrigatoriedade da Lei 11.947 de 2009, que determina o fornecimento de no mínimo 30% de produtos relacionados de acordo com a EMATER local. Além disso, o cardápio foi complementado com outros itens especificados pela nutricionista do município.

Para alunos do fundamental e pré-escolar, o kit foi composto por: 1 kg de polpa de fruta, 2 kg de macaxeira, 2 kg de batata doce, 1 pacote de fubá, 1 kg de açúcar, 6 pães. Já os alunos das creches receberam os mesmos itens, com exceção do fubá. No lugar deste, foram entregues 4 pacotes de leite em pó.

Atualmente, o valor repassado pela União por dia para cada aluno acontece de acordo com a etapa e modalidade de ensino. Por exemplo, alunos de creches recebem R$ 1,07, os da pré-escola R$ 0,53 e do ensino fundamental é de R$ 0,36. Apesar disso, a gestão municipal garantiu kits no valor de R$ 22,18 para os discentes da pré-escola e fundamental e kits que custaram R$ 36,95 para quem é de creches, valores bem acima do que é repassado pelo Governo Federal.

As entregas seguiram o seguinte cronograma:

COMPARTILHAR